Dieta pós cirurgia bariátrica – Laudo nutricional

Nutricionista especialista em bariatrica – SP

Para uma recuperação adequada, após a cirurgia é fundamental que o paciente cuide da sua alimentação com uma dieta especial. Sugiro aos meus pacientes que as dietas pós cirurgia sejam divididas em 4 fases, sendo uma por mês, conforme abaixo:

 

  • 1 mês: dieta liquida (isotônicos, chás, iogurtes, leite, sopas, caldos, sucos, etc.);
  • 2 mês: dieta pastosa (sopa creme, arroz papa, purês, etc.);
  • 3 mês: dieta branda (caldos de leguminosas, arroz, verduras, carne cozidas, etc.);
  • 4 mês: dieta geral.

Durante a consulta dou algumas dicas importantes para que a recuperação ocorra da melhor forma possível.

Quem pode operar? O laudo nutricional …

Para que um paciente com obesidade faça a cirurgia bariátrica é preciso obter um laudo técnico para a bariátrica emitido por um nutricionista especializado, algumas condições mínimas devem estar presentes no caso para que a emissão deste documento ocorra, conforme abaixo:

Imagem durante cirurgia bariátrica

Imagem durante cirurgia bariátrica

  1. Idade: Na maioria das vezes, as idades limites para se submeter à cirurgia bariátrica estão entre 18 e 65 anos.
  2. IMC (Índice de Massa Corporal):  As indicações para cirurgia bariátrica são feitas quando o IMC (peso em Kg / altura em metros ao quadrado) está acima de 40. No caso de o paciente apresentar alguma doença relacionada com obesidade, que são chamadas de comorbidades (hipertensão, diabetes, artrite…) o IMC necessário para ser indicada a cirurgia é de 35.
  3. Exames médicos: É preciso que os exames que são realizados antes da operação mostrem que o paciente poderá ser operado com o mínimo de risco. Se houver alguma alteração, o paciente deverá ser tratado do problema antes da cirurgia.
  4. Escolha do hospital e da equipe medica: É preciso que o paciente possa ser operado pela equipe médica (geralmente 3 cirurgiões, 2 anestesistas e um instrumentador) em hospital que esteja aparelhado para o tratamento de pessoas com obesidade mórbida.

Se o paciente estiver apto para operar a nutricionista irá gerar o laudo para a cirurgia, para que o paciente leve para o hospital.

É muito importante que o paciente tenha pleno conhecimento de como funciona a cirurgia, tanto no pré quanto no pós cirúrgico no sentido de estar com as expectativas pessoais bem alinhadas com os resultados do procedimento.

Nutricionista Juliana Dragone, especializada em Nutrição Clínica e funcional pelo GANEP, mantém publicado o site nutricionistajuliana.com.br com o objetivo de oferecer informações e dicas para quem quer, por meio da alimentação, melhorar a saúde e o bem-estar.