Dieta antes, durante e pos gravidez | Nutricionista para Gestantes

Dieta antes, durante e pos gravidez | Nutricionista para Gestantes Nutricionista Juliana 2:37 pm

Dieta para gestante

É muito importante cuidar da alimentação na gravidez, deste modo, a contratação de serviços de uma nutricionista para gestante no sentido de prover orientações nutricionais é fundamental para elaborar uma dieta equilibrada nutricionalmente antes e durante a gestação que contenha todos os nutrientes essenciais para a saúde da mamãe e do bebê.

Gestante comendo

Dieta para gestantes

O excesso de peso das gravidas também pode prejudicar o desenvolvimento do bebê e colocar em risco a saúde da mãe, podendo ocasionar doenças como a pré-eclampsia, eclampsia e desencadear a diabetes gestacional.

O ganho de peso durante a gravidez deve ser gradual. No período da gestação, não é recomendado fazer dietas de emagrecimento, mesmo que a futura mamãe esteja acima do peso, pois se houver uma restrição calórica, poderá haver deficiência de nutrientes importantes para a formação e crescimento do bebê.

Neste período é fundamental que a gestante tenha um acompanhamento de uma nutricionista especializada em gestantes, pois existe a necessidade da suplementação de algumas vitaminas e minerais, como por exemplo o ferro, vitaminas do complexo B, ácido fólico, etc. O ácido fólico é importantíssimo, pois desempenha papel fundamental na formação do tubo neural do bebê. Ele está presente principalmente em: fígado, feijões, vegetais de folhas verde-escuras, como espinafre e brócolis frescos e carnes magras, aves e peixes, vitaminas do complexo B, ferro e especialmente proteínas – todos essenciais para o desenvolvimento do feto – são encontrados nesses alimentos.

O consumo de pescado e marisco deve ser moderado entre mulheres, que estão grávidas ou aquelas que estão amamentando. A restrição é para as espécies de peixe que contêm altos níveis de mercúrio, como o peixe-espada, o tubarão, o arenque e o cação.

Ou seja, após uma avaliação nutricional da gestante a elaboração de um cardápio especializado se faz necessária para mitigar eventuais riscos de má alimentação e para aumentar a qualidade da alimentação durante o período de gestação como um todo.

 

Dieta pos parto (menos cólicas no bebe)

Inclusive após o nascimento da criança, durante o período de aleitamento materno exclusivo, é importante que as mamães procurem por recomendações nutricionais e mantenha uma dieta pos parto adequada.

Depois que o bebê nascer, a mamãe deve continuar se alimentando de uma maneira equilibrada com frutas, verduras, legumes e cereais. Durante o aleitamento materno exclusivo é possível perder bastante peso e voltar ao peso de antes da gravidez.

Mamãe em dieta pos parto

Um recomendação nutricional para reduzir a possibilidade de cólicas no bebe em uma dieta pos parto, deveria citar que a importância do consumo de menos alimentos fermentativos. A irritabilidade da criança também poderá ser diminuída se a mamãe evitar consumo de bebidas a base cafeína.

A dieta pos parto para as mulheres que precisam diminuir liquido corporal devem ter cardápios com redução de sal, aumento da ingestão de água, gelatinas, sopas e carnes magras para desinchar.

 

Orientações gerais

Em toda a gestação é necessário ter a preocupação de alimentar-se adequadamente, desde a realização apropriada de todas as refeições ao longo do dia, até o consumo de minerais como ferro e cálcio na quantidade correta.

Neste período de tantas mudanças no corpo, as gestantes devem estar atentas principalmente ao ganho de peso pois este descontrole é prejudicial tanto a mãe quanto ao bebê.

Sobre o consumo de minerais, as fontes de ferro bem absorvidas e aproveitadas pelo organismo são as fontes animais (carne vermelha, ovos, etc.). Já as fontes de ferro vegetal (grãos e vegetais verdes-escuros) precisam da vitamina C para serem bem absorvidos, neste caso, é preciso haver uma fruta cítrica junto do almoço e/ou jantar como, por exemplo, a laranja e o Kiwi. As fontes de cálcio são os leites e derivados, vegetais verdes-escuros, tofú. Mas não se deve consumir leite e derivados junto do almoço e jantar porque atrapalha a absorção do ferro. Portanto, leite e derivados são bem vindos no café da manhã, lanche da tarde e ceia.

Lembre-se de procurar sempre uma nutricionista, a gestação é um momento mágico que exige cuidados especiais com a alimentação.

Precisa de orientação nutricional? Entre em contato:

Comentários fechados.