A importância da vitamina C

O ácido ascórbico ou vitamina C (C6H8O6, ascorbato, quando na forma ionizada) é uma molécula usada na hidroxilação de várias outras em reações bioquímicas nas células. A sua principal função é a hidroxilação do colágeno, a proteína fibrilar que dá resistência aos ossos, dentes, tendões e paredes dos vasos sanguíneos. Além disso, é um poderoso antioxidante,

Os alimentos mais ricos em vitamina C são frutas e vegetais. A vitamina C também está presente em certos cortes de carne, especialmente o fígado. Vitamina C também está disponível em várias formas de suplementos nutricionais. Dentre as fontes vegetais de vitamina C destacam-se: acerola, frutas cítricas, kiwi, brócolis, papaia, melão, uva, espinafre, manga, batata, tomate, couve-flor, repolho, morango, abacaxi, melancia, abacate, banana, maçã e pêra. Com relação às fontes animais, a vitamina C está mais presente no fígado e menos nos músculos.

Os benefícios traz para a saúde:

Com grande poder anti-inflamatório e antioxidante, a Vitiamina C se comporta como uma qualificada faxineira quando o assunto é o combate aos radicais livres e processos inflamatórios. Sua presença no organismo ajuda a prevenir a formação de tumores, de problemas cardiovasculares e problemas nas articulações.
Os radicais livres são moléculas repletas de substâncias que danificam de modo avassalador nossas células e acabam com nossa capacidade de reação contra infecções e inflamações de qualquer natureza. A vitamina C elimina completamente esses vilões e ainda preserva a integridade dos tecidos.
A presença de radicais livres em excesso no organismo, cria o ambiente perfeito para o aparecimento de doenças cardíacas, câncer, envelhecimento precoce, e condições para o desenvolvimento de quadros de Artrite de todos os tipos.
O nutriente ainda evita a oxidação do LDL, o colesterol ruim, que se acumula no interior dos vasos sanguíneos deixando o sangue gorduroso, licoroso, o que é uma das causas da formação das temidas placas de gordura que entopem as veias, causando problemas cardíacos e derrames cerebrais.
Mas, nosso corpo não é capaz de produzir vitamina C, assim, a ingestão regular de alimentos que contenham o nutriente é mais que uma necessidade, trata-se de uma estratégia inteligente para quem deseja ter uma boa saúde.

O escorbuto é resultante da falta de vitamina C. Sem a vitamina C o colágeno sintetizado é muito instável para desempenhar sua função. Escorbuto ocasiona a formação de feridas na pele, gengiva esponjosa e sangramento das membranas mucosas. As feridas são mais abundantes nas coxas e pernas. No estágio avançado do escorbuto há feridas supuradas abertas, perda dos dentes, e eventualmente morte.

A quantidade ideal, recomendada pela organização Mundial da Saúde, de se consumir a vitamina C é de 45 miligramas por dia.

Posso ajudar? Me fale mais sobre seu caso .....

Digite abaixo o código de validação: captcha

Comentários fechados.